Páginas

3 passos no processo de restaurar um casamento depois de uma traição

Assim como um vaso requer muito tempo para juntar suas peças e voltar a ser belo novamente, a mesma coisa acontecerá com seu casamento.

  • Às vezes é difícil de imaginar como reatar um casamento após uma traição, não é uma questão somente de voltar a viver com a pessoa, mas sim uma série de pensamentos, atitudes e comportamentos que precisarão ser restaurados, além de ter que avaliar se isso realmente vai valer a pena.
    Não tem como avaliar enquanto estamos em um momento de raiva e mágoa, porém, se algo assim passa em sua mente é porque você crê que se houver uma mudança sincera do companheiro, quem sabe não poderá dar certo?
  • Como restaurar um casamento depois de uma traição

    Para amarmos alguém, primeiramente precisamos amar a nós mesmos. Embora tenha acontecido coisas tão desagradáveis com você, e mesmo assim não perdeu o amor por si próprio, já é um bom começo. Antes de avaliar como restaurar o seu casamento é necessário restaurar a sua pessoa, não se descuide, não deixe com que os problemas te abatam a ponto de deixá-la desanimada, desesperançada e até mesmo depressiva, claro, não somos de ferro, mas precisamos desafiar esses obstáculos com os olhos da fé.
    Quando fizer uma avaliação dos seus sentimentos, precisará ter certeza se quer dar uma chance para esse casamento. Roberto Carlos, diz em sua música intitulada Detalhes: "detalhes tão pequenos de nós dois são coisas muito grandes para esquecer e a toda hora vão estar presentes você vai ver." Isso é real, cada momento vivido em seu casamento virá como um flash em sua mente, e junto com esse sentimento de raiva, muitas vezes ódio, virão os sentimentos ternos de amor e carinho que compartilhavam juntos. Portanto, você precisará colocar na balança ao tentar restaurar o seu casamento. Nesta balança o que vai pesar mais: seus momentos de alegria ou o momento de dor vivido pela traição? Passos essenciais:
  • 1. Decisão

    Ao decidir restaurar o seu casamento, será necessário avaliar se o seu companheiro está sinceramente arrependido de suas atitudes e não é somente falar que está arrependido, mas também demonstrar esse arrependimento em suas atitudes. É nítido que quando uma pessoa está arrependida ela fará o possível para restituir o mal causado, nem que isso custe ficar longe do cônjuge para que este seja feliz.
  • 2. Arrependimento sincero

    Ao perceber que a pessoa amada sinceramente se arrependeu e que suas atitudes demonstram isso, agora a decisão é sua. Se decidir voltar será necessário muita coragem, pois terá que colocar uma pedra sobre esse assunto de traição, ou seja, esquecer definitivamente e nunca recordar caso ocorra um desentendimento e, principalmente, estar disposta a enfrentar todos os opositores dessa decisão (isso inclui família, amigos entre outros). Por isso é importante deixar claro os motivos de sua decisão de voltar e principalmente pedir que considerem e respeitem essa decisão.
  • 3. Perdão

    Após passar por todos esses desafios, a restauração de seu casamento será mais fácil, vocês precisarão recuperar todos os sentimentos desde a época do namoro em diante. Façam programas românticos juntos, nunca deixem que a opinião dos outros atrapalhe sua relação e principalmente, quem traiu nunca mais dê motivos para tal desconfiança, fuja daquilo que pode levar a suspeitas. Para quem perdoou, precisa dar espaço ao companheiro mostrando que realmente voltou a confiar, portanto não desconfie dele no primeiro mal entendido ou no primeiro desentendimento.
  • Restauração requer tempo e muita paciência

    Assim como um vaso restaurado requer um tempo de colagem para voltar a ser belo, a mesma coisa acontecerá com seu casamento, por isso dê tempo ao tempo. Algumas cicatrizes podem ficar, mas pode ter certeza que a restauração de um amor sincero compensará qualquer cicatriz.
    Em nossa vida somos cheios de cicatrizes, e são essas cicatrizes que nos fazem ter experiências e sabedoria em nossa velhice, aproveite um dia de cada vez e principalmente deixe que Deus possa ser o guia de ambos na relação, assim não tem como dar errado.

0 comentários:

Postar um comentário

 

© - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré