Páginas

Como vencer o sentimento de rejeição

Muitas pessoas sofrem porque são rejeitadas ou porque pensam que não tem nenhum valor para Deus. Mas a Bíblia diz exatamente o oposto - "Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)
Deus te ama e por isso não há motivos para você pensar que não tem valor. Jesus morreu pelos seus pecados para que você não precisasse sofrer o peso da condenação de Deus. Se você aceitar este presente da salvação, você receberá uma nova vida. Mas, para que você ande nos caminhos de Deus, você deverá abandonar todo sentimento de rejeição e acreditar que Ele te aceita como você é. Se você olhar para a vida de Jesus, você verá que Ele foi muito rejeitado pelas pessoas. No livro de Isaías 53:3 diz: "Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer, e  como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso". Jesus foi rejeitado para que pudéssemos ser aceitos por Deus, e o que nos faz ser aceitos hoje é exatamente o fato dele ter assumido o nosso lugar - a nossa rejeição. A Bíblia mostra que mesmo depois que ele realizava os milagres e sinais, as pessoas o rejeitavam. Veja o que diziam:
"Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão? E não vivem aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se nele". (Marcos 6:3)

Você já foi zombado por alguém? Já riram ou duvidaram de você? Muitas vezes as pessoas não suportam passar por essas situações ruins, mas Jesus não era assim. Ele foi rejeitado até mesmo pelas pessoas que o conheciam, porém, não se deixou abater. Às vezes, a rejeição faz com que as pessoas sofram uma dor tão grande na alma, que elas acabam desistindo dos seus sonhos. Porém essa não é vontade de Deus. Certa vez Jesus foi apresentado diante da multidão para ser julgado, mesmo sem ter feito nada de errado. Então Pilatos o colocou ao lado de um criminoso chamado Barrabás e perguntou: “Qual queres que vos solte, a Jesus chamado o Cristo ou Barrabás?” (Lucas 23:18) Barrabás era um homem mal, tinha cometido os piores crimes, e do outro lado estava Jesus, um homem que não havia cometido um pecado sequer. Porém todos rejeitaram Jesus. Veja: "Toda a multidão, porém, gritava: Fora com este! Solta-nos Barrabás!” 

Tente imaginar a dor de Jesus. Não pense que por ele ser o Filho de Deus, ele não tinha sentimentos como nós. Jesus habitou em carne e por isso era exatamente como nós. Ele chorava, ria, sentia fome, dor, sono etc. Talvez no meio daquelas pessoas estavam os paralíticos que foram curados, surdos que voltaram a ouvir, mas mesmo assim eles pediram para crucificar Jesus. Quando alguém nos despreza e nos rejeita, qual é a nossa reação? Muitas vezes queremos confrontá-las, não é verdade? Mas Jesus nunca se defendia. Ele sabia que seu Pai Eterno é quem julgava as pessoas. Veja: "Quem me rejeita e não recebe as minhas palavras tem quem o julgue, a própria palavra que tenho proferido, essa o julgará no último dia". Por isso nunca devemos julgar as pessoas. Entregue tudo nas mãos de Deus e ore, pedindo para que nenhuma raiz de amargura fique em seu coração. Diga o que o salmista disse: "Porque, se meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me acolherá" (Salmos 27.10). 

Quando entendemos que Deus nos aceita, nos ama e nos recebe de braços abertos, não precisamos nos sentir rejeitados e com isso, julgar as pessoas. Pelo contrário, Deus coloca em nosso coração a compaixão e conseguimos orar por aqueles que nos perseguem. Entendemos que todos nós somos pecadores, mas assim como Cristo nos alcançou com misericórdia, Ele também pode alcançar as pessoas ruins e pecadoras. 
Meu amado irmão e irmã que está lendo essa mensagem: Deus conhece o seu coração e tem grandes sonhos para sua vida, e por isso, talvez o inimigo tenha usado pessoas para o julgarem. Não desanime da vida por causa disso. Você foi aceito por Deus ali na cruz, por isso aceite o Seu perdão e saiba que Ele nunca te rejeitará. Deus não nos ama como as pessoas, que só nos aceitam quando fazemos o certo. Ele nos ama com um amor perfeito, cheio de misericórdia. Por isso o seu valor não é baseado no que as pessoas pensam sobre você, mas no que Deus pensa a seu respeito.

A Bíblia diz que foi por causa dos nossos pecados que Jesus morreu. Ele nunca pecou, mas sobre ele caiu todo o castigo que merecíamos. E como Deus é 100% santo, Ele não podia mais estar com o Seu Filho naquele momento da cruz. Por isso Jesus clamou: "Deus meu, Deus meu, por que me desamparastes?" Ele foi desamparado ali na cruz para que nunca precisássemos carregar o fardo de uma vida distante do Senhor. Por isso receba hoje esse amor maravilhoso e tenha uma vida vitoriosa!

Que o Senhor JESUS nos abençoe!

ESTUDO ELABORADO PELO  PASTOR - ANTÔNIO JÚNIOR

0 comentários:

Postar um comentário

 

© - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré